Jurisprudências - Horas in itinere - tempo gasto entre a portaria da empresa e o local do serviço. | Advocacia Especializada - Gomes & Silva, Advogados Associados - Cascavel - Paraná

Horas in itinere - tempo gasto entre a portaria da empresa e o local do serviço.

RECURSO DE EMBARGOS. Horas in itinere - Tempo gasto entre a portaria da empresa e o local do serviço. 1) os arestos transcritos nas razões de recurso de embargos são inservíveis à demonstração do dissenso, à luz da Súmula/TST nº 296, I, porquanto inespecíficos. 2) tendo a turma verificado que o reclamante gastava 30 minutos diários no percurso entre a portaria da empresa e o local de trabalho, a condenação da reclamada ao pagamento do referido período como horas extras implicou na correta aplicação do entendimento contido na Súmula/TST nº 429, a qual, portanto, não foi contrariada. Recurso de embargos não conhecido. (TST; E-ED-RR 57000-32.2006.5.02.0465; Primeira Subseção de Dissídios Individuais; Rel. Min. Renato de Lacerda Paiva; DEJT 22/02/2013; Pág. 1823)

Recente post